Something Beautiful

poemas, imagens, palavras, gestos, sons...

...I
Como a pena que cai

e a meio se levanta

sopra-lhe o vento da esperança.

 

Como a luz que se apaga

e de seguida se acende

sem que alguém se aproxime.

 

Como a onda que se agita

para depois se afastar

sem receio de voltar a amar.

 

Sinto-me longe do tempo

em que aprendi a viver

não olho para trás

 

nem paro muitas vezes,

se me perguntares o que mudou

tenho dificuldades em o reconhecer.

 

Vivo para viver

não vivo a correr

 

Procuro e descubro

uma felicidade temporal

 

O futuro não me assusta

nem é o trabalho que me custa,

se tiver de lutar

o farei até ganhar!!

mais