Press

05/12/1996 in Jornal da Marinha

BLIND ZERO

LUTA CONTRA MENTES E IDEAIS DO PASSADO

   São 5, vêm do Porto , e afirmam-se como seguidores do grunge feito na América do norte , mais precisamente , em Seatle.

   Os Blind Zero , em resposta aos críticos mais pessimistas, já responderam , com grandes concertos feitos por todo o País . E um desses espectáculos , foi dado no passado verão no Jardim Bar , que começa a apostar cada vez mais, em bandas com algum calibre Nacional. E para quem não teve a hipótese ou a chance de ouvir ao vivo o álbum "Trigger" , o Jardim Bar , vai voltar a trazer até nós uma banda , que muito tem para dar à música moderna Nacional.

   Depois de terem apresentado o álbum de estreia , em quase todo o País , até mesmo no fim do mundo, considerado por Miguel Guedes ,como aqueles sítios que têm um parque de estacionamento com uma parte maior , para motorizadas, Zundapps , etc..., este quinteto vai voltar até nós , agora com mais maturidade e muito perto da gravação do seu novo álbum .

   Sem entrarem em grandes loucuras os Blind Zero , querem evoluir pelos seus próprios meios , com o objectivo de subirem no mundo da música Portuguesa , mas ao mesmo tempo com os olhos abertos ás oportunidades que poderão vir de fora. Como o próprio produtor da banda , Ronnie S. Champagne , disse uma vez - esta banda tem material e força de vontade para ir até onde quiser.

   Cerca de 4 meses depois , Miguel Guedes , Marco Nunes , Vasco Espinheira , Nuxo Espinheira ( ...sim , é irmão do Vasco ! ) e Pedro Guedes , vão voltar até nós , não só para mostrar a música que fazem , mas também para dar força a todas as bandas Portuguesas , que dedicam grande parte da sua juventude ao rock Norte-Americano .

   Como resposta ás criticas , que constantemente surgem em relação ao som que praticam , os Blind Zero respondem desta maneira:- O grunge é um estilo como o Rap ou o Death-Metal , e portanto as bandas que praticam o grunge têm que ser respeitadas de igual modo. Uma banda que pratica o Rap , nunca é criticada pela sua falta de inovação , mas sim pela qualidade da sua música , o que nunca acontece com uma banda que pratique o grunge, que é quase sempre considerada uma banda seguidora do som dos Pearl Jam ou até mesmo dos Stone Temple Pilots.

   Não percam no próximo sábado temas como , " Big Brother ", " Recognize " , " Wake up " e até mesmo " Simple Man "