Press

30/01/1997 in Jornal da Marinha

"HÁ HORAS FELIZES"

Parabéns Nuno Brito

   É verdade, é ! O Nuno Brito, passou à final.

   Com uma falta de organização total, que a RTP vem demonstrando nestes últimos anos, desta vez esqueceu-se de dar os resultados da 1ª eliminatória, da 2ª fase do festival da canção. Como é possível pedir aos espectadores, para votarem numa música, e só passado uma semana é que dão os resultados?

   Bom, o importante é que o mais difícil já passou, sabendo de ante mão, que esta não é uma das melhores formas de votação para um festival de música.

   Com a ajuda de muitos Marinhenses, vai ser possível levar " Nosso Canto Chão " à final, que decorrerá, segundo apurámos, no Coliseu dos Recreios, dia 7 de Março. Aqui, vão estar presentes as 5 músicas apuradas nas 5 eliminatórias que vão decorrendo ao longo do mês de Fevereiro, no programa "Há horas felizes", e as 3 músicas com entrada directa. Estas 3 músicas, pertencem aos 3 compositores, que no ano passado, conseguiram os 3 primeiros lugares, tendo direito automaticamente à entrada directa na final do ano seguinte.

   Não conseguimos apurar os resultados ao certo, mas podemos adiantar que "Nosso Canto Chão" teve uma maioria absoluta ( é aquilo que o PS e o PSD procuram à anos...), e que as restantes canções, "Não vou Chorar" e "Canto de Esperar" , ficaram muito perto uma da outra.

   Com muitos e bonitos jogos de vozes, uma melodia que fica no ouvido de qualquer mortal e um grande apoio por parte de todos os verdadeiros Marinhenses, espera-se agora que " Nosso Canto Chão " venha dar-nos mais uma alegria, vencendo o Festival da Canção.

   Agradece-se assim, a todos aqueles que mandaram uma apitadela na música nº 2, contribuindo assim para este apuramento.

   # Sabendo que Fevereiro não é uma época ideal para novidades musicais, a não ser o Samba do Brasil, informamos todos os nossos leitores que NOVOS SONS, só volta no dia 6 de Março. Esperamos , nesta altura, trazer mais e melhores novidades, sempre com o objectivo de informar todos os Marinhenses, da música que se faz por cá.