Press

04/04/1996 in Jornal da Marinha

SE A INTENÇÃO CONTASSE...

   Tudo parecia perfeito , uma semana escolar cheia de desporto, cultura, e dois grandes concertos com várias bandas da Marinha. Mas como "nem tudo o que luz é ouro...", nada do que estava previsto, aconteceu. Para o primeiro dia (27) , estava "planeado" um concerto bem animado com duas bandas cover's ,bastante conhecidas, os CRASH e os TOCA & FOGE . O concerto, que por sinal estava marcado para as 21h no campo de basket, apenas começou por volta das 22h30m... e no Ginásio.

   Com a sala cheia, a primeira banda ... e única ( sim , porque os Toca & foge nem apareceram ) subiram ao palco, para darem inicio ao, tão esperado concerto. Começando com "Milk Man Sun" (tema dos Ugly Kid Joe) os CRASH mostram um reportório bastante variado, como o exemplo da passagem por temas como, o "Bicho" , "State Love And Trust" , "Portugal Portugal" , "Today" e até mesmo o êxito Marinhense "Estou Na Lua". No geral o concerto até foi bom, mas a qualidade do som ficou muito por baixo, prejudicando os próprios CRASH.

   No dia seguinte, esperava-se mais animação, o espectáculo era na cantina ,e tinha como atracões os DUMB NOISE, os CRASH, dois membros dos ESTÁDO SÓNICO ( Guérri e Polido ) e uma banda de professores. Mas claro, com mais de 1h de atraso a banda de profs começou a sua actuação, a música até era boa mas, com a sala cheia, e sem instrumentos amplificados, pouco ou nada se ouvia cá atrás.

   A seguir entraram os DUMB NOISE, agora sim, ouviam-se bem ( se calhar até demais...), com um som muito alternativo, como os próprios se identificam, cantado em Português e em Inglês. As distorções começaram a entrar nos ouvidos dos mais radicais, e claro a agitação era tremenda , tanta ...que obrigou o Concelho Directivo a terminar com o concerto que nem a meio ia.

   Mais uma vez, foi " banhada total ", as cerca de duas dezenas de "fãs" tiveram que abandonar o recinto , deixando para trás a esperança de uma tarde cheia de música. Talvez por isso o terceiro dia com, a actuação da tuna académica do ISMAG, da "tal" banda de profs, dos MORTALTHRON e de um grupo de alunos dirigidos pela prof. Helena Rocha, tenha acabado por ser bem diferente . O publico mostrava-se mais divertido e participativo , acabando mesmo por cantar alguns temas, mais conhecidos, que foram passando pelo palco do ginásio. Talvez a recta final conduzida pelos MORTALTHRON, não tenha sido a melhor , mas foi a mais eficaz para " evacuar" a sala , até então sempre cheia .No final, podemos concluir que mesmo com todos aqueles contratempos , o esforço do concelho directivo não foi em vão, dando o exemplo a outras escolas , que "a música também é cultura" .

   Queria-mos pedir desculpa a todas as Ds. Augustas ( principalmente aquelas , a quem o fogo lhe chegou ) pelas nossas desconfianças, ou talvez franquezas ...desculpe D. Augusta. Para a semana há mais !