Press

10/10/1996 in Jornal da Marinha

SILENCE 4

   Depois de umas férias prolongadas , NOVOS SONS volta novamente á carga. Com uma imagem renovada e ideias frescas ,este espaço não se vai limitar a trazer até si todas as novidades musicais da Marinha Grande ,como também ,vai tentar alertar os nossos leitores para os fenómenos que vão aparecendo "lá fora , cá dentro".

   Um desses fenómenos começam a ser os Silence 4 , um quarteto de Leiria que iniciou este projecto á cerca de 1 ano. Com uma vitória num dos festivais mais conceituados, no mundo da música moderna Portuguesa ,o 3ª Festival Termómetro Unplugged, os Silence 4 esperam agora que alguma editora reconheça o seu trabalho. Para isso , já contam com uma Maqueta, gravada num espaço considerado por DAVID FONSECA (guitarrista e vocalista da banda), como uma parte muito próxima da banda, o Castelo de Leiria .

   Apenas com quatro actuações, os Silence 4 já conseguem apresentar um som muito maduro. Baseado em instrumentos acústicos e vozes em perfeita sintonia esta banda pode vir a ser mais um êxito Leiriense , que cada vez mais , vê as suas bandas de garagem aproximarem-se dos êxitos conseguidos em cidades bem maiores ,como é o caso de Lisboa ,Porto e Coimbra. Os Silence 4,constituidos por TOZÉ PEDROSA (bateria), vindo de um ambiente bem diferente, o PUNK; DAVID FONSECA (guitarra e voz), principal compositor; RUI COSTA (baixo e guitarra), o mais experiente, com passagem pelos ROMANÇAS e uma grande paixão pelo JAZZ e SOFIA LISBOA (voz), apostam seriamente em letras sentimentais e por vezes tristes, mas sempre cantadas em Inglês.

   Não têm nada contra a língua Portuguesa, mas admitem que o Inglês é uma língua mais audível perto dos possíveis admiradores da banda. "Nós nem queremos cantar fados em inglês nem música Americana em português", esta é a explicação que David dá, quando questionado sobre o porquê das letras em inglês. São temas como «Borrow», «Close to you» e «Silence Becomes It», entre outros , que nos levam a acreditar num futuro bastante promissor para este quarteto de Leiria .